31 agosto 2010

COMO NOS FILMES


Surgiste agora assim do nada para acordar aquilo que há muito estava adormecido. Não acredito que isto está acontecer-me. Agora percebo porque não consigo olhar para mais ninguém, espero que não voltes a fazer isto para eu conseguir esquecer-te de vez, és feliz mas eu também tenho o direito do ser. basta o que sofri por ti não quero passar por isto de novo.

5 comentários:

Memórias do meu pensamento disse...

ha que seguir sempre em frente.
Gostei.

Alison disse...

Concordo, há que seguir em frente, por muito complicado e difícil que seja.

→ Calipso disse...

o teu selinho veio ter ao meu blog (:

Joana disse...

Adorei o blog :)
Visita o meu e depois diz o que achas :)

m. disse...

nunca adormece completamente, é esse o problema. mas temos de arrnjar forças para ultrapassar. :c

Sigo-te :)