21 agosto 2010

Recuar no Tempo


Hoje como tantos outros dias pus-me a pensar ou seja relembrar como tive uma infância não feliz mas sorridente. Adora-va fazer todo o tipo de asneiras, uma delas era todo o dinheiro que me davam ia por nas ranhuras dos tijolos que tinha próximo da minha casa, outra era desaparecer sem que os meus pais soubessem, era bem reguila, mas também não era uma criança totalmente imperfeita, porque existiu um dia que nunca mais me vou esquecer, a minha tia pós a mim e a minha irmã a fazer a cama de cada uma nessa altura tinha uns 4 anos, e fui bem elogiada fiz a minha cama como se fosse um adulto que tivesse feito, a minha tia elogiou-me tanto. O melhor de tudo e o que me faz rir agora era quando andava sempre aos puxões de cabelos com a minha irmã por coisas tão insignificantes mas que fazem parte da minha infância. Neste momento da minha vida não sei se preferia ser criança ou ser como sou agora já praticamente na fase adulta.

1 comentário:

Memórias do meu pensamento disse...

e' sempre bom recuar no tempo. =)