01 novembro 2010

Vivo, critico e socializo. Sinceridade e simplicidade constam no meu dicionário, não tenho a mania superioridade, sou sincera quando o tenho de o ser. Não me arrependo nunca do bem que faço. Sou uma pessoa extremamente insegura, uma coisa que não devia ser porque muitas das vezes não tenho razão para isso. Faço qualquer coisa por uma verdadeira amizade, ajudo sempre naquilo que posso as vezes quase que faço os impossíveis. Gosto que as pessoas sejam sinceras comigo e que não falem mal de mim nas costas, porque como toda agente também tenho direito de errar. Odeio mais que tudo mentiras. Amo a minha mãe e a minha irmã, adoro os meus amigos, Sílvia, Rita, Tânia,Daniela, Andreia entre tantos outros eles também são umas das minhas razões de viver o apoio que me têm dado tem sido excepcional, obrigada. Isto tudo para dizer que irei sempre manter minha maneira de ser e que nunca irei ter vergonha de ser como sou. 
Publicado no hi5

1 comentário:

mariana disse...

acho que todo o ser humano tem as suas inseguranças, não és só tu, querida (: